Visite a exposição “Nós somos todos irmãos”

05/03/2018 às 16:00

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Segundo as Nações Unidas, a pobreza é causa da morte de pelo menos 17 mil crianças e jovens todos os dias. Cerca de 1 bilhão de crianças no mundo vivem em condição de pobreza e sabe-se que essa é a pior forma de violência que podem enfrentar.

James J. Heckman – professor emérito de economia “Henry Schultz” da Universidade de Chicago, ganhador do Prêmio Nobel de Economia e especialista em economia do desenvolvimento humano – realizou um estudo com ajuda de profissionais de diversas áreas de atuação. Nele, James defende que investir nos primeiros 1.000 dias de vida da criança é o melhor e mais vantajoso caminho. A pesquisa mostra que o investimento de R$ 1,00 na primeira infância economizaria R$ 7,00 em gastos com violência e criminalidade no futuro.
Para debater o tema com a sociedade, o Museu da Vida e a Pastoral da Criança convidam para a inauguração da exposição temporária “Nós somos todos irmãos”, que será realizada em 07 de março, a partir das 14h.

Inspirada na Campanha da Fraternidade 2018 da CNBB, cujo tema é Fraternidade e a Superação da Violência, a exposição traz à tona esse assunto com um viés diferente: Como podemos agir juntos para superar a violência? Indicada para adultos e crianças, a mostra sugere, de forma lúdica e interativa, diversas reflexões sobre a importância da atitude de cada pessoa na construção de uma cultura de paz.

Logo em seguida, a discussão sobre o tema continua na mesa-redonda inter-religiosa “A paz começa em casa”, promovida em parceria com a Arigatou Intarnational e o Global Network of Religions for Children – GNRC. A proposta é refletir sobre o estado da violência contra as crianças no Brasil e o seu efeito no desenvolvimento na primeira infância e discutir a atuação dos líderes religiosos e comunitários no papel de apoiar as famílias e comunidades para nutrir valores e espiritualidade nas crianças.

A mesa-redonda conta com a participação da Sra Vera Leal, Diretora do Programa de Educação Ética da Arigatou International de Genebra; Pai Alexandre Souza, Coordenador do GNRC Brasil; Ir. Maria Inês Ribeiro, Presidente da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB); Dra. Elizabeth Tunes, Doutora em Psicologia pela Universidade de São Paulo e do Coordenador Internacional da Pastoral da Criança, Dr Nelson Arns Neumann.

As ações legais são necessárias em diversas situações, porém é preciso trabalhar na perspectiva da prevenção, ampliando as ações de acolhimento e fortalecimento da família e das comunidades, no sentido de promover o cuidado e a proteção no ambiente familiar, construir e apoiar políticas de combate às injustiças contra as crianças. Esse é o ponto chave da nova exposição temporária e também o cerne da discussão da mesa-redonda. Vale a pena conferir!

Serviço
Local: Museu da Vida – Rua Jacarezinho, 1691, Mercês, Curitiba (PR)

Data: 7 de março de 2018
14h: Inauguração da exposição “Nós somos todos irmãos”
14h30: Mesa-redonda: “A paz começa em casa”
Entrada e estacionamento gratuitos
O Museu da Vida fica aberto para visitação todos os dias, das 8h às 19h, incluindo finais de semana e feriados (exceto entre Natal e Ano Novo).

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.