em 19/03/2018 às 21:53

Por Juliano Aparecido de Oliveira da Silva

Em Araucária - PR

Motivo: Adoração ao Santíssimo

Sua benção, padre Reginaldo! Gostaria de deixar aqui meu testemunho. Há mais ou menos dois anos eu vinha sofrendo problemas sentimentais devido a um relacionamento complicado que tive. Passei muitas noites em claro, chorei muito, pedi muito a Deus que me ajudasse a sair disso, que tirasse aquilo de mim, estava bem difícil. Confesso que sempre conheci a sua obra através dos meios de comunicação mas nunca tinha me aprofundado a conhecer melhor. Bom, até que a uns 5 meses atrás uma grande amiga e colega de trabalho me convidou a conhecer o Santuário de Nossa Senhora de Guadalupe, sempre fui católico e frequentava as novenas de Santuário de Nossa Senhora do Carmo a qual sou devoto. Comecei indo às segunda-feiras e logo em seguida às quintas-feiras na adoração do santíssimo. De tanto eu pedir que no dia 11/02 desse ano participei da homilia de Nossa Senhora de Lourdes, cuja missa tinha no evangelho uma passagem que naquele dia mexeu muito comigo..."Senhor, se queres, pode me curar", enfim, fomos pra casa e no outro dia a noite comecei a assistir essa mesma homilia pelo YouTube e naquele momento desabei a chorar, tudo que não consegui colocar pra fora durante dois anos saiu naquele momento. Foi incrível. Mas como nosso Pai Eterno sempre nos surpreende, nesse mesmo dia conheci uma moça muito especial e conforme fomos conversando a mesma me contou que era devota de Nossa Senhora de Fátima. O tempo foi passando e começamos a namorar, como ainda tinha um certo receio, convidei-a para ir ao retiro e em minhas orações pedi a Deus e a nossa senhora que nos desse uma confirmação desse relacionamento... E ela veio... Enquanto passava com o santíssimo, no sábado, o senho padre passou por nós e em dado momento quando menos esperávamos colocou sua mão primeiro na minha cabeça e em seguida na cabeça da minha namorada e nos abençoou, essa era a confirmação que precisávamos. Se tínhamos qualquer dúvida, depois daquele momento ela não existia mais. Obrigado, padre! Obrigado pela libertação que me destes. Parabéns pela sua obra. Somos associados com muito orgulho. Grande abraço Juliano & Beahtriz