em 11/06/2019 às 18:03

Por Filho(a) de Deus

Em Maricá - RJ

Motivo: Experiência de Deus

Bom Dia Padre Reginaldo, Sua Benção. Venho aqui pedir um aconselhamento. Eu casei em 2003 e em 2005 eu me separei quando a minha filha tinha meses de idade, era um casamento abusivo, e por preservar a mim e a minha filha eu me separei. Mas sempre fiz questão dele participar da vida da nossa filha. Por 12 anos eu não tive qualquer outro relacionamento. Mas nas minhas orações eu pedia que Jesus colocasse uma pessoa de boa, trabalhadora e de Deus na minha vida. E no começo de 2018 ele colocou essa pessoa na minha vida. Ele é maravilhoso, pai de 2 meninos. No final de mesmo ano, por problemas que ate hoje ele não falou, desistiu do nosso relacionamento. Todos diziam que formávamos um casal lindo e dava para ver a felicidade nos nossos rostos. Ele me pediu em casamento, mas estava esperando a empresa que ele tinha feito entrevista o chamar. E sem qualquer briga ou desentendimento por decisão apenas dele desistiu do nosso relacionamento. Acredito muito que foi por causa de inveja. Então a partir daí faço todas as minhas orações pedindo com muita fé que reatemos nosso relacionamento, mas padre todo mundo diz "Que seja a vontade de Deus". Então? O que faço? Paro de pedir por essa graça? Onde fica a fé nesse caso? Padre eu o Amo muito, não estou atras de "casamento", o que eu quero dizer que eu não me casaria com qualquer um só para não ficar sozinha, estou apenas pedindo que coloque novamente na minha vida o homem que eu amo. Tem horas que parece que minha fé está fraquinha pois penso "Não sei qual é a vontade de Deus", Continuo a pedir? Eu tenho consciência de que Deus só age na hora certa. Já me aconselharam a parar de pedir, se eu fizer isso perderei a Fé e isso não vou deixar acontecer. Por favor Padre o que eu faço? Sou uma filha de Deus, Associada com muito Orgulho e que mora na Região metropolitana do Rio de Janeiro.